11 de março de 2015

Exame de Rins: Cintilografia Renal Estática - DMSA

Conforme o pedido da Nefrologista para investigação da Hipertensão Arterial hoje minha filha fez o exame de Cintilografia Renal Estática . Chegamos no Hospital, foi injetada a medicação radioativa, e é preciso aguardar aproximadamente 6 horas. Nesse período pode comer normalmente, beber água, e ainda bem que pude aguardar em uma outra sala onde tinha cama e ela ficou lá quietinha ouvindo música. Antes de ir pra máquina de ressonância eles pediram que eu trocasse a fralda dela e ficamos lá aproximadamente uns 15 minutos pra fazer 4 imagens em ângulos diferentes.

A medicação radioativa que é aplicada na veia não faz mal, não dá reação alguma no paciente. A função dela é fazer brilhar na parte que precisa se buscar imagens para o aparelho pegar essas regiões.

Apesar da espera, ocorreu tudo bem, a minha filha é uma mocinha, ficou quietinha no aparelho, do jeito que arrumaram ela ficou. Só fiquei segurando a mão dela pra cima, ela ficou quietinha. Foi cansativo, mas missão cumprida! No final de abril saberemos o resultado!

** A cintilografia renal estática, como o próprio nome afirma, consiste em imagens estáticas através do uso do radiofármaco DMSA-99 mTc ( ácido dimercaptosuccínico marcado com tecnécio 99 metaestável), o qual se concentra e se fixa aos túbulos do parênquima renal de maneira proporcional á função tubular e integridade do córtex renal.

  
Cintilografia renal estática ( DMSA-99mTc), tendo como principais indicações:

Avaliação da função tubular dos rins;
Avaliação da anatomia cortical;
Diagnóstico de pielonefrite aguda;
Avaliação e seguimento de infecção urinária e/ou pielonefrites de repetição(cicatrizes corticais);
Diagnóstico de anomalias renais (ex.: rim em ferradura, ectopia renal cruzada, rim único, hipoplasia renal, rim pélvico, cistos);
Diagnóstico diferencial de pseudotumores renais ( ex.: hipertrofia da coluna de Bertin e lobulação fetal X tumor maligno.)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário