28 de setembro de 2015

Consulta com o Ortopedista

Uma vez por ano, a Jaqueline tem consulta com o Ortopedista. Ela operou da coluna em 2011(colocou uma haste devido a escoliose) e teve alta por estar tudo bem em 2013 do médico de coluna e pedi que um Ortopedista fizesse acompanhamento pra vermos se está tudo bem, e essa é a terceira consulta com esse médico. Uma semana antes ela faz raio-x de coluna e bacia.

O exame que fez no dia 21/09 mostrou que está tudo bem, a haste está bonitinha. Avaliou e disse que é Ortopedista Geral, e o certo seria acompanhar com o grupo de origem (coluna). A conduta dele foi pedir agendamento para o grupo para ter esse seguimento, e pediu um exame de raio x de pelve (Articulação coxo-femoral) para ver se há luxação de quadril já que ela não se queixa de dor. Pediu também agendamento com o Grupo de Paralisias (PC) para avaliação e seguimento. Com isso, vão avaliar, indicar terapias, e redirecionar o que deve ser feito nela. Se houver luxação vão indicar cirurgia ou algum outro procedimento (botox).

Teremos várias idas lá. Nós mães temos que estar preparadas pra tudo. Uma consulta de rotina se transforma em várias. Mas confesso que no dia fico baqueada porque já é tanta coisa que só peço força pra continuar cuidando da minha princesa pois graças a Deus , ela está em hospital onde ela consegue acompanhamento adequado, exames e tratamento. Mas não sou de ferro e sei que esse nó na garganta vai passar! Sempre o melhor para ela! Muitas vezes não temos um esclarecimento claro das coisas e temos que ficar " marcando em cima" , e temos respostas por vezes de maneira fria, com palavras de termos técnicos soltos e nada de esclarecimento completo, tudo às pressas, e por fim temos que ficar perguntando, porque parece até que não estamos ali e nem temos sentimentos.

14 de setembro de 2015

Consulta com a Nefrologista e Nutricionista

Os exames vieram normais, só bactérias. Mas como não há sintoma de infecção urinária não há porque se preocupar. O potássio dela veio alterado, e isso é esperado quando se entrou com a outra medicação de pressão, e especificamente entraram com ele porque no exame da consulta anterior veio com proteína na urina e por isso foi receitado também, pois pode prejudicar o rim. A pressão na consulta deu quase 130x80. Ganhou 550g em 15 dias.
 
A conduta médica foi entrar novamente com a medicação que haviam retirado pra ver se essa pressão melhora, e entrar com o Bicarbonato pra baixar o potássio. Além de orientação com a Nutricionista para preparação dos alimentos para retirar dos alimentos uma boa parte dele, e o potássio a mais prejudica o rim.
Pediu pra insistir no exame de MAPA pra tirar a dúvida da pressão alterada durante à noite devido agitação, mesmo sabendo que devido a alteração cardíaca força ele trabalhar mais e os batimentos sobem e a pressão sobe mesmo. Dependendo do resultado dos exames que pedir para a próxima consulta, havendo melhora fica só com uma medicação e retiram a outra . Foram pedidos exames de sangue e urina e a próxima consulta dentro de 21 dias. 

Nutricionista: Passei a dieta dela, e disse que adequei conforme o problema de flatulência dela, que mesmo assim ainda tem, mas sem dor como antes e que equilibro conforme o volume que ela aguenta, e compenso as calorias no leite. A Nutricionista disse que a dieta dela está ótima, que só vamos mudar o modo de preparar os alimentos pra eliminar a maior quantidade de potássio dos alimentos. Todos eles devem ser cozidos, inclusive as frutas e desprezar a água, depois preparo como o de costume. Me passou um esquema alimentar dos alimentos com menos e mais potássio, alimentos a serem evitados e orientações para dieta com restrição de sódio, e uso de ervas que dão sabor para compensar a menor quantidade de sódio, e dar a sensação que tem a mesma quantidade. Eu informei que não abuso de sal, porque é o meu jeito de cozinhar.
Se na próxima consulta ver que o potássio não melhorou, vai diminuir o suplemento. Mas ela está ótima, ganhou peso, está com outro aspecto.


A minha impressão quando saí das consultas: Quando eu penso que vai melhorar as coisas, é mais remédio, é mais mudança, e tal. Mas enfim, a gente faz o que precisa ser feito e pronto, vamos que vamos!
Temos que ficar retornando ao hospital pra saber como a pressão dela tem se comportado, como os remédios podem mexer com ela e saberemos isso só em exames, então é melhor prevenir do que remediar. Hipertensão é algo que requer cuidados. 

Até a próxima!

Adriana Silva